O Mercenário 5

O Mercenário 5

o mercenário 5

O Mercenário 5: A Fortaleza.

A Ala dos Livros prossegue a reedição da série O Mercenário, da autoria do barcelonês Vicente Segrelles, com o quinto volume, intitulado O Mercenário 5: A Fortaleza.

Em Espanha, esta banda desenhada foi publicada em álbum em dezembro de 1991 pela Norma. No mesmo ano, esta banda desenhada foi publicada, no nosso país, pela Meribérica.

Relembre-se que a Ala dos Livros se encontra a publicar no nosso país a edição integral da série, com 16 páginas de extras em cada volume, tal como editado originalmente pela espanhola Ponent Mon entre 2015 e 2016.

O Mercenário é um guerreiro sem passado e, se o tem, ninguém o conhece. Uma fortaleza inexpugnável representa uma ameaça para o equilíbrio da paz no País das Nuvens Permanentes e o Mercenário é o único capaz de enfrentar esta ameaça. Com a ajuda do armeiro da Mosteiro, será que vão conseguir derrotar mais um plano do terrível Claust? Um agente infiltrado é uma ajuda preciosa para explorarem a única fraqueza da fortaleza, mas Claust está mais preparado do que pensam…
Acompanhamos as aventuras de um Mercenário, que percorre um mundo imaginado por Segrelles onde dragões e criaturas voadoras existem sobre as nuvens. Com um universo de personagens de inspiração Medieval, retratados com enorme realismo, esta é uma série surpreendente que se tornou num clássico inesquecível da BD europeia.
Obra-prima da banda desenhada de fantasia, O Mercenário é uma série essencial que ressurge numa edição última, revista e aumentada.

Vicente Segrelles nasceu em 1940 em Barcelona, Espanha, em 1940, no seio de uma família ligada às artes (é sobrinho do pintor e ilustrador valenciano, Joseph Segrelles), tendo iniciado a sua carreira profissional como desenhador industrial. A par de inúmeros trabalhos de ilustração e capas, realiza, em 1970 e para a editorial Bruguera, a adaptação da novela picaresca Lazarillo de Tormes. É, no entanto, nos inícios dos anos 1980, que cria para as páginas da então revista Cimoc, editada pela espanhola Norma, um personagem que lhe granjeará projeção internacional (a sua publicação na revista Circus, em França, data de 1981) e a admiração do cineasta Federico Fellini: O Mercenário. Quando surge, esta série chama de imediato à atenção pela sua qualidade e particularidade: cada uma das suas vinhetas é uma pintura a óleo. Entretanto, e para intercalar com o trabalho lento e demorado, a óleo, de O Mercenário, Segrelles desenvolve El Sheriff Pat, uma banda desenhada que se insere na linha humorística e que virá a ser publicada em 1991 pela editora espanhola Ediciones B. Apaixonado pela ilustração, por armamento e por armaduras medievais, com obra publicada em todo o mundo e internacionalmente reconhecida, Vicente Segrelles é um dos autores mais importantes da banda desenhada espanhola e europeia do século XX. Vive nos arredores de Barcelona.

Deixa um comentário