A coleção Novelas Gráficas está de volta e para volume de estreia foi escolhido o clássico Ronin do mestre Frank Miller. O lançamento é já no dia 30 de Junho e tem um custo de 9,99€.

Esta mini-série da DC Comics foi originalmente publicada nos EUA entre 1983 e 1984. Foi distribuída nas bancas nacionais em 1988 nas publicações homónimas da editora brasileira Abril.

Apesar de, finalmente, se tratar da primeira edição em português europeu, lamenta-se a ausência de uma revisão mais cuidada, que permitiu que constasse da lombada um título errado para a obra (Ronnie). A editora prontifica-se a remeter por correio um autocolante para colocar por cima do título da lombada aos leitores que o solicitarem (fornecimento de nome e morada para o mail: info@levoir.es) e a providenciar que os leitores possam levantar dentro de cerca de 3 semanas uma sobrecapa nos pontos de venda onde adquiriram o livro, mediante a apresentação do mesmo.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Em Ronin Frank Miller trabalhou vários elementos que seriam a sua marca-registada, como a influência da cultura japonesa e a narrativa cinematográfica.

A história de Ronin começa no Japão feudal do século XIV quando um jovem samurai que serve um nobre, Ozaki-Sama, é  testemunha da morte de seu mestre pelas garras de um demónio, tornando-se assim num ronin – termo usado para samurai sem mestre.  No clímax da batalha, Agat, que foi gravemente ferido com a espada banhada com sangue de um inocente – no caso, o próprio Ronin – lança um feitiço aos dois, aprisionando as duas almas na arma, que seria encontrada por cientistas nova-iorquinos no futuro. A história passa para o ano de 2030 numa Nova York apocalíptica. A narrativa conta com muitos duelos de espadas, cenas do Japão feudal e hordas de robôs. Os leitores são lançados diante desta fusão entre passado e futuro, com elementos orientais e futuristas.  O Herói principal é um improvável rapaz, sem braços ou pernas, mas dotado de incríveis poderes telecinéticos que vem a tornar-se um fantástico samurai ciborgue.

Ronin é uma história sobre o que faz de nós humanos, sobre o poder que exercem as fantasias no mundo real e a supremacia do amor, é um épico e revolucionário clássico que merece ser lembrado e relembrado sempre.

nota: imagens cedidas pela editora.